Imigração

Visto de trabalho (Work Visa) em processo de mudança

Anunciadas alterações nos vistos de trabalho temporário

Entre agora e 2021, mudanças serão feitas na maneira como os empregadores recrutam alguns migrantes para trabalho temporário na Nova Zelândia. As mudanças serão introduzidas em etapas e totalmente implementadas em 2021.

O que está mudando

O serviço de imigração pretende:

  • desenvolver um novo processo de solicitação de visto liderado pelo empregador
  • introduzir um novo visto de trabalho temporário (work visa) que substitua 6 vistos de trabalho existentes
  • usar o nível de remuneração para categorizar um trabalho no lugar das faixas de habilidades existentes – as faixas de habilidades existentes dependem de uma combinação de nível de remuneração e categorizam o trabalho sob a ANZSCO
  • fortalecer o mercado de trabalho para empregos baixa renda (salário mínimo) com acesso aberto a empregos bem remunerados nas regiões rurais e listas nas cidades
  • introduzir acordos setoriais para facilitar o acesso aos imigrantes para setores direcionados
  • restabelecer o direito de trabalhadores baixa renda (salário mínimo) levarem suas famílias para a Nova Zelândia com vistos de visitantes.

O novo processo será projetado nos próximos 18 meses, mais detalhes estarão disponíveis, isso inclui informações sobre taxas, tempos de processamento e evidências que empregadores e imigrantes terão que fornecer para apoiar seus pedidos.

O primeiro conjunto de alterações ocorrerá em 7 de outubro de 2019 e afetará apenas os empregadores credenciados por talentos (Talent Accredited Employers).

Alterações no visto de trabalho de Talent (Accredited Employers)

Empregadores e o novo novo processo para a contratação de trabalhadores imigrantes

A partir de 2021, os empregadores que desejarem empregar trabalhadores imigrantes no novo visto de trabalho temporário (work visa) usarão um processo de três etapas.

  1. Verificação do empregador: será obrigatório que todos os empregadores, inclusive aqueles com um credenciamento existente sejam credenciados no novo processo de inscrição antes que possam contratar migrantes com o novo visto de trabalho.
  2. Verificação de emprego: isso inclui verificar se o trabalho é pago de acordo com a taxa de mercado da Nova Zelândia e, em alguns casos, incluirá uma busca do mercado de trabalho para garantir que os trabalhadores da Nova Zelândia não estejam disponíveis.
  3. Verificação do trabalhador: quando o trabalhador solicita um visto, ele deve mostrar que atende aos requisitos padrão de identidade, requerimento de saúde, além de comprovar que possui as habilidades necessárias para realizar o trabalho que lhe foi ofertado.

Qual o objetivo destas mudanças

As mudanças visam melhorar o funcionamento da mão de obra temporária da Nova Zelândia, garantindo que:

  • trabalhadores migrantes são recrutados apenas por escassez genuína de mão de obra
  • diferenças regionais e setoriais no mercado de trabalho são reconhecidas quando trabalhadores migrantes são empregados
  • os empregadores são incentivados a empregar e treinar mais neozelandeses.

Informações sobre alterações nos vistos de trabalho

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar