Saúde | Estilo de Vida

Saúde Mental | Quem sou eu, quem é você?

Psicóloga Alair Carvalho das Neves

E agora José? Vivemos um momento único, nunca imaginável por qualquer um de nós. Pede, exige, que tenhamos uma postura que foge aquilo que programamos para nossas vidas. Surgem então, muitas dúvidas e medos. Pergunta-se então: Em meio a esta pandemia, Covid-19, quem sou eu e quem é você?

Toda segurança que sentíamos deu lugar a perguntas. A primeira delas é como ficará minha agenda? Com tantas datas marcadas.

Como ficarão os amores meus?

E minha saúde?

Onde anda meu equilíbrio, minha segurança?

E meus sonhos? Terão que ser adiados?

Saúde mental dentro de nosso Lar

Com todos estes pensamentos e preocupações que vejo por aí, quero dizer que me sinto assim também, me vejo a todo o momento, fazendo estas perguntas para mim mesma. Também sinto medo, insegurança e preocupação, talvez assim como você que agora esta lendo artigo.

Eu tenho buscado equilíbrio emocional em meio a tudo isso, vou deixar algumas dicas e espero poder contribuir com você leitor neste momento de isolamento social.

Busque tomar consciência de seus sentimentos e emoções

Procure entender e pensar quais os seus medos. Entender o que este sentimento me fala, como sinto em meu corpo o reflexo destas emoções?

Converse com você mesmo escutando sua voz interior, questionando seus sentimentos e emoções do momento, e buscando habilidades que são necessárias para desenvolver o equilíbrio.

Talvez você precise de ajuda, então ligue para alguém de sua confiança, fale com alguém, fale o que sente… Falar é sempre a melhor opção.

Faça exercícios de respiração profunda enquanto expira se imagine entrando dentro de você e encontrando coisas boas como saúde paz amor energia etc.

Procure atividade saudáveis e que ocupem seu tempo, faça caminhadas, dentro de casa ou no quintal, relaxamentos, ouça uma musica boa, medite, massagem (peça para alguém), jogos em família, como dominó, xadrez, faça uma oração, leia um bom livro.

Mude ou Desligue

Outro aspecto importante que nos ajuda a manter saúde mental é evitar noticiários com as mesmas noticias tristes o dia todo então mude de canal ou desligue, procure saber as noticias em um único momento do dia.

Sobrecarga de informações tristes te deixam para baixo e deprimem.

Rotina

Organize uma rotina para todos os dias com horários e atividades desde quando levantar até ir dormir, se tiver criança em casa as envolva-as na organização da rotina.

Pessoas idosas também precisam ser contempladas e olhadas com muita atenção e carinho. Para os idosos é bem difícil entender o que esta acontecendo, como não poder receber visitas, ou dar um aperto de mão tente amenizar esta situação ligando para um parente como um filho ou neto, melhor se for por chamada de vídeo para que se possa ver a família e conversar.

Para as crianças brincadeiras para o desenvolvimento intelectual, continuar falando sobre aquilo que ela vinha aprendendo na escola/creche. Contar histórias, leituras online.

Para encerrar, as mais importantes dicas que posso deixar para que se possa conviver com saúde mental dentro de nossos lares e como nossos familiares  é ter Paciência, compreensão, escuta, comunicação, diálogo, que são ferramentas que valem muito neste momento e poderão nos garantir, maior qualidade de vida para todos.

No mais, muito aprendizado para cada um de nós ao longo destes dias que virão!

Abraço!

Quem é Alair de Carvalho das Neves

Psicóloga e Coach. Especialização em Psicopedagogia,  Educação especial e Neuro psicopedagogia. Ama ouvir música, ler, estar com pessoas queridas, partilhar a vida e ajudar pessoas [CRP 08/09001].

MISSÃO Passar pela vida impactando positivamente a vida das pessoas através da escuta, palestras, cursos e outros meios.

Contato: whatsapp +55 44 9957-9158

Caro leitor

Este artigo te ajudou de alguma forma? Deixe um comentário

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar