MulherNova Zelândia

Saiba como o avanço da idade pode afetar o sono das mulheres

Sonhando com uma boa noite de sono? Você não está sozinha.

O sono das mulheres é um tema que está em alta nos dias de hoje. Se você fizer uma busca rápida no aplicativo do seu celular vai encontrar centenas de programas criados para nos ajudar a dormir melhor, desde meditações antes de dormir e rastreadores de sono até chuva e sons de ruído branco para nos acalmar.

Conseguir dormir de sete a nove horas sólidas por noite, ao que parece, é algo muito difícil de se fazer.

Sono x Saúde

Isto é um problema, pois as pesquisas relacionadas ao sono, especialmente o sono de boa qualidade tem um impacto em muitos, muitos aspectos de nossas vidas e saúde. Se dormirmos regularmente menos de seis horas, corremos maior risco de contrair muitas doenças, incluindo diabetes, doenças cardíacas e derrame. O sono insatisfatório também está associado ao ganho de peso.

Além do mais, não dormir faz com que nos sintamos péssimos. Para mim, quando não durmo o suficiente, tudo fica um pouco mais escuro e negativo. Não é nenhuma surpresa que sono ruim também esteja relacionado com ansiedade e depressão.

Sono das mulheres

Para as mulheres de meia-idade, o deck do sono está contra nós. À medida que nos aproximamos da menopausa e entramos nos turbulentos anos da perimenopausa, podemos nos encontrar, de repente, olhando para o teto na madrugada com muito mais frequência. 

Até metade das mulheres sofre de insônia durante a perimenopausa; muito mais do que mulheres mais jovens, tudo isso causado pela montanha-russa que são nossos hormônios. O estrogênio flutuando e causando afrontamentos e suores noturnos é o principal culpado.

Cuidar do seu sono é cuidar da sua saúde. Procure um especialista se você perceber que não está descansando bem.

 

Flávia Bonturi Previato

Mulher, mãe, jornalista e educadora.

Dicas? Sugestões? Parceria? Entra em contato pelo e-mail: [email protected]

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo