BrasilNova Zelândia

Reabertura das fronteiras 2022 sem necessidade de MIQ

NZ vai remover a classificação de alto risco do Brasil no final de 2021 e vai liberar a entrada de visitantes do mundo inteiro a partir de Abril

A Nova Zelândia anunciou a reabertura das fronteiras para o início de 2022. Os primeiros a poderem entrar no país são os neozelandeses que ficaram para fora durante a pandemia. Já a notícia mais esperada pelos brasileiros é a liberação de entrada de visitantes, que já tiverem as duas doses de vacinas confirmadas, a partir de 30 de abril.

Veja abaixo o cronograma do governo anunciado nesta quarta-feira, 24:

➡A partir das 23h59 de domingo, 16 de janeiro de 2022, neozelandeses totalmente vacinados e outros viajantes qualificados podem viajar da Austrália para a Nova Zelândia sem permanecer no MIQ.

➡A partir das 23h59 de domingo, 13 de fevereiro de 2022, neozelandeses totalmente vacinados e outros viajantes qualificados podem viajar para a Nova Zelândia vindos de todos os outros países.

➡A partir de 30 de abril de 2022, todos os indivíduos totalmente vacinados poderão viajar para a Nova Zelândia, com a reabertura gradativa ao longo do tempo.

➡A classificação de risco muito alta para Indonésia, Fiji, Índia, Paquistão e Brasil será removida no início de dezembro de 2021 e os viajantes desses países poderão entrar na Nova Zelândia da mesma forma que os viajantes da maioria dos outros países.

Todos os viajantes ainda precisarão de um teste negativo antes da partida, prova de estar totalmente vacinado, uma declaração de viagem do passageiro sobre seu histórico de viagens, um teste de dia 0/1 na chegada, um requisito de auto isolamento por 7 dias e um resultado negativo final teste antes de entrar na comunidade.

Mais informações sobre como o auto isolamento funcionará serão divulgadas no próximo mês.

Você pode ler mais sobre viagens para a Nova Zelândia AQUI

Flávia Bonturi Previato

Mulher, mãe, jornalista e educadora.

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo