Comunidade BrasileiraNova Zelândia

Markus Oliver, músico desde os 11 anos de idade

Quem são os brasileiros que imigram para a Nova Zelândia?

Esta pergunta vem sendo respondida a cada entrevista que publicamos por aqui.

Pessoas de muitos dos Estados brasileiros. Alguns se aventuram sozinhos, outros com suas famílias, profissionais de várias áreas de atuação, artistas e músicos.

O entrevistado de hoje Markus Oliver, conta um pouco sobre sua carreira musical e sua experiência fora do Brasil.

Nos conte um pouco sobre você

“Meu nome é Marcos Oliveira Gomes, mas uso o pseudônimo Markus Oliver, por conveniência artística e mídia social.
Sou um mineiro de nascimento, Belo Horizonte, porém  um carioca de coração
Depois de nascer em Belo Horizonte fomos para o interior de Minas para a região de Ipatinga.
Músico desde os 11 anos de idade quando já tocava trombone na banda de música de uma igreja evangélica. Aos 15 me interessei pelo violão e dois anos depois pelo contrabaixo.
Por esse tempo tocava na igreja em uma banda onde meus outros dois irmãos eram integrantes…Um tecladista, o outro baterista e eu no contrabaixo.
Com essa banda viajávamos tocando músicas evangélicas  em igrejas e praças públicas.”

Estados Unidos

“Aos 24 anos fui morar em Boston USA onde também me apresentei em vários restaurantes da região…dessa vez já me arriscando no violão e voz.”

Volta ao Brasil

“De volta ao Brasil me apresentava em bares de restaurante por onde estive morando, que foram Ipatinga, Belo Horizonte e posteriormente Rio de Janeiro capital.

Nessa caminhada pude compor várias músicas, dentre elas algumas gospel onde gravei meu CD gospel no Rio de Janeiro em 2013, porém no momento apenas me apresento no meio secular.”

Este slideshow necessita de JavaScript.

Por que você escolheu a Nova Zelândia para morar? 

“Escolhi Nova Zelândia porque tinha um amigo de uma amizade de 20 anos que veio morar na Nova Zelândia e como eu queria sair do Brasil e ele me falou muitas coisas boas daqui, resolvi vir.

Em 2016 parti para a Nova Zelândia e aqui estou e vez enquanto me apresento no restaurante brasileiro Rio 40 graus fazendo violão e voz e em outras ocasiões me apresento tocando contrabaixo na banda de um brasileiro Carlos Trajano.”

Como artista, quais seriam as diferenças em questão de trabalhar no Brasil, USA e NZ?

“Como artista existe uma grande dificuldade no Brasil devido à desvalorização dos músicos anônimos brasileiros.

Nos Estados Unidos há uma maior valorização e por termos uma condição financeira melhor naquele país temos como nos auto produzirmos

Aqui na Nova Zelândia é semelhante pois temos condições de termos melhores instrumentos e melhores equipamentos.”

Esta imagem mostra o músico Markus Oliver.
Markus Oliver se apresentando no Restaurante Rio 40 graus. Foto arquivo pessoal.

Contato:
Facebook Markus Olivieri
Instagram
Markuz_ollyoficial
WhatsApp: 021 0250 3061

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo