Educação e Intercâmbio

Já está na Nova Zelândia há quase um ano ou mais e ainda não é fluente em inglês?

Escrito por Nathália Klein, English Teacher

Provavelmente se você já mora fora do Brasil há um tempo, já ouviu essa perguntinha : “ E o inglês… Já tá fluente?”.

As pessoas as vezes tem esta ilusão de que uma vez que você pisou em solo estrangeiro:  Plim! Num passe de mágica você se tornou fluente. Mas o que elas não entendem é que a fluência no idioma é um processo e que depende de vários fatores.

Talvez você se sinta frustrado com você mesmo, se sinta incapaz de aprender ou sinta que todo mundo já é fluente menos você.  Mas eu quero te tranquilizar, te fazer refletir e chegar a uma solução.

Quando a gente sai do Brasil com este objetivo: de aprender um idioma, geralmente no início nos empolgamos,  temos prazer em estudar, ir para a escola, fazemos amigos … mas outras situações vão surgindo como o cansaço com o trabalho por exemplo e você chega em casa exausto e nem consegue pensar em inglês.

É aí que o seu objetivo inicial vai ficando de lado.

Então você encontra uma oportunidade de morar com brasileiros, o que é mais confortável, afinal se sente mais em casa e próximo da sua cultura. Também recebe uma proposta para trabalhar com brasileiros, o que me parece bom e na hora de sair para relaxar, nada melhor do que meus amigos brazucas que entendem as minhas piadas e sabem se divertir como eu!

Mas, qual era meu objetivo inicial mesmo?

Pois é.  A gente se perde no caminho as vezes. Isso é natural e creio que acontece com a maioria das pessoas.  A boa notícia é que sempre podemos correr atrás do prejuízo.

Não digo que você deva se afastar de brasileiros, não se relacionar com eles, não trabalhar com eles, mas não se feche tanto.

Se abra para as oportunidades que estão aí bem na sua frente, na esquina, no seu trabalho, ou até dentro da sua casa. Afinal você está em um país de língua inglesa. E está vivendo o sonho que milhares de pessoas gostariam de viver.

Conversa entre amigos em um café.

Muitas vezes temos medo de falar com nativos por insegurança. Mas se você não se forçar a se comunicar com mais frequência, você vai continuar da mesma forma.

Eu quero aqui te dar algumas sugestões se você está insatisfeito com o nível de inglês que alcançou até agora:

(…) se você não se forçar a se comunicar com mais frequência, você vai continuar da mesma forma.

  • No seu dia de folga, dedique 1 hora do seu tempo para estudar inglês. Seja através de um curso, com um professor, ou estudando online sozinho. Mas volte a estudar, se você quer evoluir.
  • Se você ainda não assiste filmes e séries com legenda em inglês comece já.  Comece com 5 minutos de um episódio, vá pausando quando não entender frase, anote e busque o significado.
  • Siga páginas no Instagram e canais  no youtube de nativos da língua Inglesa para treinar seu Listening com um assunto que você goste.
  • Assuma hoje o compromisso de encontrar um parceiro de Speaking. Pode ser um colega de trabalho, alguém que more com você, um colega de escola, mas alguém com quem você possa praticar e conversar em inglês , nem que seja 5 minutos por dia .
  • Comece a escrever um diário em inglês.  Todos os dias escreva o que aconteceu no seu dia, Isso fez uma grande diferença pra mim, e com certeza vai fazer para você também.
  • Não se compare com outras pessoas.  Vá no seu ritmo e mantenha o foco. Você também vai chegar lá.

Não se importe com o julgamento das pessoas, e lembre-se que a fluência é um processo, que leva tempo. E se você interrompeu este processo por algum motivo, hoje você tem a oportunidade de recomeçar.

Basta se lembrar do seu primeiro objetivo e do que realmente importa para você. Nathália Klein

Nathália Klein

Vivi na Nova Zelândia por 4 anos. Hoje ajudo pessoas a desenvolverem seu inglês e a realizarem o sonho de ter uma experiência fora do Brasil.
E-mail: [email protected]
Whatsapp: +55 11 953396053
Instagram: @naty.english

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo