Educação e IntercâmbioPublicidade

IPU New Zealand | Oportunidade para a Comunidade Latina

Aproveite o momento e comece agora aquele curso que você tanto quer fazer

Estudar é o melhor caminho para abrir portas e garantir um futuro estável, independentemente do país em que a gente esteja. Mas uma coisa é certa, é preciso estar inserido em um ambiente de qualidade e que dê as ferramentas necessárias para que o aprendizado seja eficiente. A IPU New Zealand Tertiary Institute, localizada em Palmerston North, tem tudo isso e ainda oferece descontos para a comunidade latina.

Foco em qualidade

A IPU New Zealand tem como diferencial o fato de a instituição ser sem fins lucrativos, ou seja, toda a receita é reinvestida na universidade , na capacitação de funcionários e no quadro de professores, garantindo ao aluno uma estrutura capaz de promover um ensino eficiente e uma experiência única durante os cursos. “O motivo principal do aluno escolher a IPU é a qualidade de ensino. Nós somos categoria 1 no ranking nacional de educação e estamos há 30 anos na NZ” Leandro Cavalcanti, Gerente de Mercado – América Latina.

“Ter o auxílio de um profissional brasileiro, te proporciona mais clareza nas etapas do processo.”Brasil News

Esse investimento com foco em qualidade garante que a IPU New Zealand tenha uma equipe robusta de apoio ao estudante que dá todo o suporte acadêmico, e profissional. De acordo com Leandro, 75% dos estudantes são internacionais, além disso a IPU tem mais de 26 nacionalidades representadas.

“Então, o estudante vai estar em uma universidade neozelandesa, mas ele vai conviver em um ambiente multicultural. Como a maioria dos estudantes estão na mesma situação, é muito fácil fazer amizades.”

Oportunidade para Latinos

Uma ótima notícia para os latinos que têm interesse em estudar é o programa de bolsas de estudos, na forma de descontos para Latino Americanos, que inclui também os que já estão no país.

Além disso, outra novidade bem bacana é que o instituto está prestes a lançar o modelo de ensino “blended” onde o estudante vai poder iniciar seus estudos no seu país de origem e concluir na Nova Zelândia. “Isso vai ser muito bom porque o estudante não terá os gastos de viver na Nova Zelândia e poderá já adiantar o seu projeto acadêmico enquanto ainda está no Brasil”, conta Leandro.

Cavalcanti explica ainda que, de acordo com as atuais leis de imigração neozelandesas, nesse modelo “blended”, o estudante vai precisar fazer pelo menos 1 do curso presencial para ter os benefícios do visto.

Cursos e programas de ensino

“Temos um programa de pathway, onde o estudante faz o inglês acadêmico (NZCEL) e com isso transita direto para a graduação ou pós/mestrado”.

A IPU New Zealand oferece cursos de NZCEL, Bacharel, Graduate Diploma, Postgraduate Diploma e Mestrado. Além dessa variedade, o curso de Graduate Diploma permite que o aluno escolha todas as 8 disciplinas que ele quer fazer, dando ao aluno a oportunidade de moldar o curso de acordo com seu interesse.

Já o programa de Pós-graduate Diploma e também o Mestrado têm um tipo de estrutura que permite receber alunos profissionais de diversas áreas, explica Leandro. “O foco do programa é desenvolver no aluno habilidades de liderança, pesquisa, análise crítica, resolução de problemas. Em nosso programa de Mestrado, em uma mesma sala, por exemplo, tem alunos de engenharia, educação, esportes, marketing, gestão, biológicas”, diz Leandro.

Campus em Palmerston North

O campus da IPU é todo inclusivo e inclui refeitório, acomodação, enfermaria, quadra de tênis, academia de ginástica, atendimento psicológico, biblioteca moderna e muito mais! O objetivo é garantir que os alunos possam usufruir o máximo possível de tudo o que a escola oferece.

Além disso, Palmerston North é a oitava maior cidade do país e está em pleno crescimento econômico. Ela é muito bem localizada, a menos de 2 horas de Wellington e com mais de 126 nacionalidades residentes.

De acordo com Leandro, a cidade é considerada universitária e de baixo custo e uma das facilidades é que os estudantes não pagam por transporte público.


Foco no aluno durante ano de pandemia

Assim como muitas escolas que têm como principal objetivo o trabalho com estudantes internacionais, a IPU New Zealand também vem enfrentando o desafio de passar por esse período de pandemia causado pela COVID-19.

A palavra chave tem sido diversificação! “Temos procurado diversificar bastante e nos adaptar à situação. Apesar de sermos menores na NZ, mais ou menos 350 alunos, temos a vantagem de fazermos parte do maior grupo educacional do Japão, então temos uma estrutura e uma estabilidade que muitas outras do mesmo porte na NZ, não tem”, afirma Leandro.

Leandro Cavalcanti, Gerente de Mercado da América Latina, IPU New Zealand

Instagram: @leandro__nz
Facebook: @IPUNEWZEALAND
Instagram: @ipu_newzealand
Linkedin: @ipunewzealand
Para mais informações visite http://www.ipu.ac.nz

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo