Educação e Intercâmbio

IELTS | Self-Study, Nervosismo e Preparação

Por Clarisse Dias

Fazer o exame do IELTS é só mais uma das aventuras de quem decide migrar em outro país. Porém, o que para alguns pode ser só mais um exame, para muitos é uma “prova de fogo” onde você passa por uma guerra de nervos. Afinal você vai estar provando que sabe falar, escrever, ler e ouvir em um idioma que não é o seu.

Foto/ Clarisse/ Arquivo pessoal.

Tipo de Exame

Nessa onda, optei por realizar o exame no computador, o que na minha opinião foi crucial para o meu resultado, não que o exame seja mais fácil, porque o exame é igual ao tradicional, em papel, mesma validade etc … Mas principalmente pelo fato de minha letra ser “very latina”, como diz, uma amiga nativa no inglês. Isso poderia ter influenciado a minha nota (o fato de não entenderem a minha letra). E como tenho mais facilidade para escrever, sabia que poderia usar isso a meu favor, e como no caso foi, meu score mais alto no exame (a redação). O exame realizado no computador, o resultado também é mais rápido, em até 7 dias você recebe o resultado.

Passando por mais essa experiência posso dizer que faço parte da turma dos que “tremem que nem vara verde”, suam frio, quente, tem palpitação, dor de barriga etc … É uma adrenalina louca “tipo morri mas passo bem”. Não me perguntem o porquê, pois não sei explicar, é um baita nervoso. Cada um com suas “limitações” não é mesmo.

Estudar Sozinho

Imagem de Engin Akyurt por Pixabay

Minha preparação para o IELTS foi por conta própria, optei por self-study uma vez que não precisava de um score muito alto. Sendo assim me “agarrei em videos do Youtube” e o site maravilhoso, na minha opinião (ieltsonlinetests.com/) o qual foi meu companheiro inseparável durante a jornada. Este site te possibilita realizar o exame no tempo da prova e com o score no final, ele te da uma base de como será o exame, o exame não é exatamente igual ao site, mas ele te familiariza com a estrutura que no caso deste exame é extremamente importante, e melhor, totalmente free.

Também estudei através de muitas leituras, filmes, séries em inglês. E claro, também contei com a ajuda mais que especial do meu parceiro de vida, o qual me auxiliava lendo minhas doidas redações, e escutando meu “gaucho accent”. Também optei por realizar todo o exame (as 4 provas) no mesmo dia, uma seguida da outra (você tem a opção de realizar o speaking em um outro dia) e com pouco intervalo de tempo por exemplo. No meu caso foi melhor “arrancar como um band-aid”.

Alguns sites para te dar aquele help:

IOT Ielts

IELTS – Exam

IELTS – Live

IELTS – Official

No mais foi isso no dia do exame, estava extremamente nervosa embora os amigos dissessem “… Tu vai conseguir, tenho certeza, relaxa …” eu só relaxei quando tive meu resultado, quase uma semana depois do exame.

“Claro lembrando que essa foi a minha experiência, se você não faz parte desta turma, sorte a tua, e se você faz, vai na fé e o mais preparado para a prova possível, que depois é só colher os resultados. Boa sorte!”Clarisse Dias 

Imagem de Jan Vašek por Pixabay

Não quer prestar o IELTS? Conheça o LanguageCert!

A agência de intercâmbio Kiwi Education nos dá uma alternativa ao IELTS, conheça o LanguageCert!

A LanguageCert é um exame de proficiência oficialmente reconhecido pela New Zealand Qualifications Authority (NZQA).
A prova testa as 4 habilidades: leitura (reading), escrita (writing), fala (speaking) e compreensão (listening).

Pontos importantes:

    • O teste é online
    • Pode ser feito em casa
    • Resultados rápidos e emissão de certificado – resultados em apenas 3 dias úteis
    • O estudante mantém os resultados de teste bem-sucedidos
    • E diferente do IELTS, a pontuação “PASS” é 50% e “HIGH PASS” é 67%, então o estudante pode entender onde “está”.
    • Mais barato do que o IELTS

Caso o estudante não possa atender aos requisitos para fazer em casa, é interessante fazer a prova em um dos centros autorizados na Nova Zelândia. Esses locais já contam com toda a infraestrutura necessária para a realização do LanguageCert. Para mais informações Aqui.

Este artigo ajudou de alguma forma? Deixe um comentário.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo