Nova Zelândia

COVID-19: Governo confirma vacinações da Pfizer para crianças

Os pais e cuidadores terão a oportunidade de proteger seus filhos de 5 a 11 anos contra COVID-19 com a versão infantil da vacina Pfizer, confirmou nesta semana o Ministro da Resposta COVID-19, Chris Hipkins. A vacinação está prevista para acontecer a partir de 17 de janeiro. Ao todo, existem 476.000 crianças entre 5 e 11 anos que vão ser elegíveis para receber sua primeira dose a partir desta data, e sua segunda dose pelo menos oito semanas depois.

“O foco principal do governo é manter todos na Nova Zelândia protegidos da pandemia COVID-19. É por isso que o Gabinete concordou com o conselho do Grupo de Aconselhamento Técnico COVID-19, baseado na aprovação da Medsafe que confirma tanto a segurança quanto a eficácia da vacina pediátrica, para o uso da vacina para proteger crianças de 5 a 11 anos de idade”. Chris Hipkins, ministro da Resposta Covid-19

 

foto ilustrativa: canva.com

Crianças podem contrair e disseminar o vírus

Hipkins disse ainda que, “como vimos até agora, o vírus pode ser imprevisível. Embora COVID-19 geralmente tenha efeitos mais brandos em crianças, com sintomas semelhantes a um resfriado, algumas crianças ficam gravemente doentes e precisam ser hospitalizadas. No surto mais recente, 24% dos casos tinham 11 anos ou menos”.

Assim como adultos, crianças infectadas com COVID-19, podem transmitir o vírus a outras pessoas. A imunização de crianças de 5 a 11 anos ajuda a proteger familiares, cuja saúde os torna mais vulneráveis ​​ao COVID-19. Além de também proporcionar um ambiente mais seguro para escolas infantis, primário e fundamental.

Governo e comunidades trabalham juntos

O Ministério da Saúde está trabalhando com iwis, DHBs, provedores de hauora e organizações comunitárias para implantar a vacina Pfizer para crianças de uma forma que se adapte às comunidades.

Embora não haja planos para um programa de imunização nas escolas, as escolas estão sendo consideradas locais de vacinação da comunidade. Isso aumentará a capacidade da rede de vacinação e facilitará ainda mais a vacinação das famílias.

“O governo está incentivando fortemente os pais a vacinarem seus filhos contra COVID-19, mas quero deixar claro que essa é uma escolha dos pais. O governo não tem intenção de tornar a vacinação COVID-19 obrigatória para qualquer pessoa nessa faixa etária. Eu encorajo os pais a fazerem uma escolha informada e vacinar seus filhos para protegê-los e às pessoas que amam.” Chris Hipkins, ministro da Resposta Covid-19

 

Veja abaixo os principais pontos:

  • As crianças precisam de duas doses da vacina para ficarem totalmente protegidas. 
  • Recomenda-se que sejam administrados com pelo menos 8 semanas de intervalo; no entanto, o intervalo pode ser reduzido com segurança para um mínimo de 21 dias, se necessário. Por exemplo, se seu filho estiver começando um tratamento de imunossupressão significativo.
  • A vacina é grátis. 
  • Um pai, responsável ou tutor legal precisará acompanhar seu filho até a (s) sua (s) nomeação (ões) como adulto responsável e dar consentimento para que sejam vacinados.
  • A vacina passou por testes clínicos em crianças da mesma faixa etária. Em geral, os efeitos colaterais relatados foram leves, não duraram muito e foram semelhantes aos efeitos colaterais de outras vacinas de rotina.
  • Miocardite e pericardite são efeitos colaterais muito raros, mas graves da vacina Pfizer. No ensaio clínico não foram observados casos em crianças dos 5 aos 11 anos, no entanto, é importante estar ciente dos sintomas para todas as idades vacinadas. 
  • O Grupo Consultivo Técnico de Vacinação Covid-19 (CV-TAG) e a Medsafe continuarão a monitorar os dados de segurança, incluindo esses efeitos colaterais raros, desde o lançamento de programas para crianças de 5 a 11 anos em outros países.
  • Os pais ou cuidadores podem ir a um ambulatório com seu tamariki ou usar o BookMyVaccine.nz para se imunizar com seu médico habitual, hauora ou clínica geral (certifique-se de selecionar a faixa etária apropriada).
  • Se você quiser fazer reservas para mais de uma criança ou não puder fazer a reserva online, pode ligar para o COVID Vaccination Healthline no telefone 0800 28 29 26 (8h às 20h, 7 dias por semana).
  • A equipe de deficientes está disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h.
  • Para marcar uma consulta de imunização para o seu tamariki, ligue 0800 28 29 26 e pressione 2; Texto livre: 8988 ou e-mail: [email protected]

*Informações retiradas do site Beehive.govt.nz

 

Flávia Bonturi Previato

Mulher, mãe, jornalista e educadora.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo