Comunidade

Exercendo sua profissão como Dentista na Nova Zelândia

Entrevista com Aline Andrade

A maior realização para um profissional é atuar na carreira que escolheu, despendeu tempo, dinheiro e muita dedicação nos estudos. Enfim, progredir na carreira se torna seu objetivo. Mas quando existe o desejo de ter uma experiência fora do Brasil, dar continuidade a carreira em muitos casos se torna uma barreira devido a toda exigência de comprovações e validação que o novo país precisa dar ao seu diploma. Exigindo mais tempo, dinheiro e muita paciência.

Nesta matéria conversamos com Aline Andrade que conseguiu o reconhecimento de sua formação e é feliz atuando em sua profissão nas terras neozelandesas.

Quanto tempo mora na Nova Zelândia e o que te motivou a escolher este país para viver?

Me chamo Aline Andrade, sou casada e mãe de 3 lindos meninos. Mathew de 16 anos, Daniel de 5 e Leonardo de 2.

Em Fevereiro fará 2 anos que chegamos na Nova Zelândia, de mala, cuia e muita vontade.
Meu marido chegou uma manhã com essa ideia depois de descobrir que eu estava grávida do terceiro filho (risos). Ele também é surfista e ama a neve, e sendo aqui também um lugar perfeito e calmo pra criar os meninos embarquei na ideia e comecei a estudar a possibilidade dessa vinda.

Qual a sua formação profissional?

Sou dentista há 10 anos, formada pela Universidade Paranaense e especialista em Endodontia pela Universidade São Leopoldo Mandic. Aqui na Nova Zelândia sou Clínica Geral (General Practitioner).

Como foi reconhecer e validar seu diploma brasileiro na Nova Zelândia e quais as dificuldades.

O meu processo de reconhecimento demorou 2 anos e meio. Eu comecei o processo ainda no Brasil. Como na época eu estava grávida e com outro filho pequeno eu acreditei na possibilidade de equivalência da minha qualificação e investi nisso.
O processo foi difícil pra mim por ser longo, exigir provas, muita documentação traduzida oficialmente, prova de casos clínicos, provas de conhecimento científico, entrevista pessoal com o Conselho de Odontologia e alto custo.
Foi difícil também lidar com minha ansiedade, medos e incertezas tendo uma família aqui que precisava disso enquanto eu estudava, cuidava deles e trabalhava de dental assistant (o que me ajudou muito e foi maravilhoso). Eu tentava não deixar a peteca cair.
A minha grande sorte é ter um marido, família e amigos que me apoiam e na hora que eu quase desanimava me levantavam e me faziam ir em frente.

A minha grande sorte é ter um marido, família e amigos que me apoiam e na hora que eu quase desanimava me levantavam e me faziam ir em frente. Aline 

Como foi entrar no mercado de trabalho na NZ?

Depois que peguei meu registro aqui, a mesma clínica que eu era assistente me convidou a fazer parte do corpo clínico.
Johnson and Johnson Dental, é uma clínica tradicional, familiar e que já existe há mais de 40 anos. Eles são excelentes e investem muito em tecnologia, com preço justo e tem uma visão profissional parecida com a minha o que me deixa à vontade para trabalhar. E também amam os brasileiros e latinos.

Quais são seu planos para o futuro?

Cheguei há pouco, ainda tenho que me fazer conhecer e demora um tempo para ter uma carteira de clientes e que confiem em meu trabalho. Tenho sonho de proporcionar aos brasileiros e latinos que moram aqui conforto fora de “casa”. E ao público em geral uma odontologia justa, preventiva, promovendo a saúde como um bem estar geral.
Há pouco iniciei um trabalho nas redes sociais. A ideia para esse ano é divulgar meu trabalho e promover esclarecimento sobre saúde bucal e saúde como um todo.

Algum conselho para os que pensam em vir para a Nova Zelândia?

Sigam sonhando, façam por onde, planejem detalhadamente, acreditem todos os minutos, e ouçam apenas a voz do seu coração e dos que realmente te amam e acreditam em você.

Algo mais…

Quero também agradecer a oportunidade de participar dessa matéria. Lembro quando ainda no Brasil eu via as matérias e sonhava em um dia fazer parte. Sonhos sim se realizam. Muito obrigada.
É uma grande honra fazer parte da comunidade brasileira na NZ.

Sigam sonhando, façam por onde, planejem detalhadamente, acreditem todos os minutos, e ouçam apenas a voz do seu coração e dos que realmente te amam e acreditam em você.  Aline

Aline Andrade

Instagram: @dentistalinenz
Johnson and Johnson Dental Care Unit 5, 326 Sunset Road Mairangi Bay – Auckland.
09-478 7732
Quer compartilhar como foi a experiência para validar o diploma brasileiro e exercer sua profissão na Nova Zelândia? Envie o texto para [email protected]

 

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar