NotíciaNova Zelândia

COVID-19 NZ: Tudo o que você precisa saber

atualizado em 11/09 - 8:30pm

Há 23 novos casos comunitários de COVID-19 para relatar hoje, todos em Auckland. Isso eleva nosso número total de casos associados ao surto atual para 902. Há um ligeiro aumento nos números de hoje, o que é esperado uma vez que os testes do dia 5 e do dia 12 para contatos de casos são devidos, e como novas investigações de quaisquer novos casos não vinculados são realizadas

Dos novos casos, 289 casos foram recuperados, elevando nosso total de casos ativos na comunidade para 612. Desses novos casos, 14 estão epidemiologicamente vinculados e 9 não estão vinculados. Dos casos de ontem, 8 pessoas eram potencialmente infecciosas na comunidade. O resto estava isolado enquanto infeccioso. Existem agora 19 casos no hospital. Destes, 4 estão em terapia intensiva ou unidade de alta dependência. Há 1 novo caso na fronteira.

O número total de casos ativos na Nova Zelândia é de 640 – isso inclui 612 casos na comunidade e 28 casos de fronteira. Existem 142 locais de interesse. Lembre-se de verificar regularmente o site do Ministério da Saúde para novos locais de interesse

Se você esteve em um local de interesse durante o período relevante, siga os conselhos no site que dirá se você precisa se auto-isolar e ligar para a Healthline no 0800 358 5453 para obter conselhos sobre testes ou se você apenas precisa assistir para os sintomas.

No entanto, qualquer pessoa que desenvolver sintomas, esteja ou não em um local de interesse listado, deve ligar para a Healthline para obter aconselhamento sobre os testes.

Ontem, 15.241 foram processados ​​na Nova Zelândia e 7.196 deles foram em Auckland.

Lockdown NZ

A Primeira-Ministra Jacinda Ardern, juntamente com Dr. Ashley Bloomfield, anunciaram na segunda-feira que Auckland permanecerá no Alerta 4 até 14 de setembro, quando a situação será revisada novamente. O resto do país vai mudar para o Alerta 2 a partir desta terça-feira, 07, às 23h59.

Apesar da mudança no Alerta, Ardern anunciou algumas alterações que serão implementadas para o funcionamento do Alerta 2, e entre essas mudanças estão:

Bares, cafés e restaurantes

Os espaços internos não podem ter mais de 50 pessoas e isso inclui bares, restaurantes e eventos em geral, os espaços abertos podem acomodar até 100 pessoas e todas as aglomerações e visitas precisam ser documentadas através do uso de aplicativo ou assinatura na porta, como já está funcionando. Casas noturnas podem abrir somente para espaços em que as pessoas estejam sentadas, pistas de dança continuam fechadas no momento.

Museus e bibliotecas não têm um número máximo de pessoas que podem entrar, mas precisam garantir uma distância mínima de 1 metro entre os visitantes e isso, por si só, já funcionará como um limitador. Os supermercados ainda precisam manter uma distância de 2 metros entre os clientes.

Educação

Embora o Alerta 2 entre em vigor a partir desta quarta-feira, dia 8, as escolas terão um prazo ate quinta-feira para se reorgnizarem e reabrirem as portas. Escola infantil, fundamental e ensino médio voltam as aulas normalmente, mas playcentres e grupos de encontro extracurriculares continuam fechados até momento. Embora escolas estejam funcionando, o governo sugere para manter em casa crianças que tenham como serem cuidadas pelos pais ou familiares para minimizar a exposicao da criança.

As informações serão feitas com base nos dados oficiais divulgados pelo Ministry of Health e pelo site oficial Unite Against Covid-19.

Veja a seguir as últimas informações concedidas pelo governo:

Locais de Interesse em Auckland

Até o momento a Auckland tem 125 locais de interesse que podem ser visualizados AQUI.

Locais de Interesse em Wellington 

A capital neozelandesa acumula atualmente 7 locais de interesse e segue o mesmo criterio de Auckland para a atualizacao. Acesse AQUI para visualizar. 

Saiba o que fazer se você já esteve em um Local de Interesse

O governo neozelandês classifica como Local de Interesse lugares em que pessoas infectadas passaram, independentemente do tempo em que os locais foram expostos pela pessoa. Se você esteve em qualquer local de interesse na data e horários especificados, deve isolar imediatamente em sua casa ou acomodação e:

  • Ligue para a Healthline no 0800 358 5453 para obter conselhos sobre testes e isolamento, ou
  • Registre sua visita online AQUI.

Se você registrar sua visita online, não precisa ligar para a Healthline. Os rastreadores de contato telefonaram ou enviaram um e-mail para você informando o que você precisa fazer.

Se você mora com alguém que esteve em um local de interesse

Se você mora com alguém que esteve em um local de interesse na data e horários especificados, você deve imediatamente:

  • Isolar em sua casa ou acomodação
  • Continue isolando até que a pessoa que estava no local de interesse obtenha um resultado negativo no teste no dia quinto dia. 
  • Se você não teve nenhum contato com a pessoa que estava no local de interesse, você pode parar de isolar assim que ela tiver um resultado negativo.

Os membros da família que não estavam em um local de interesse só poderão sair de casa para fazer exercícios. Eles podem se exercitar enquanto aguardam o resultado do teste se mantiverem 2 metros de distância dos outros. As pessoas da casa não têm permissão para ir ao supermercado ou visitar outros serviços essenciais. Nós o encorajamos a pedir a amigos, whānau ou vizinhos que deixem mantimentos e outros suprimentos essenciais para você.

Quem está isento?

Se você trabalha em um isolamento controlado ou instalação de quarentena, ou fornece um serviço de saúde essencial, você pode sair de casa para ir trabalhar antes do quinto dia. Você deve atender a outros critérios.

Essas instruções são descritas na seção 70 pedidos.

Se sua empresa é um local de interesse

O Ministry of Health tem orientações para apoiar as empresas da Nova Zelândia que foram identificadas como um local de interesse após uma visita de um caso COVID-19 confirmado ou provável. Acesse AQUI.

Na maioria dos casos, o oficial de saúde pública ligará e explicará o que isso significa para o seu negócio. No entanto, pode haver algumas ocasiões, por exemplo, fora do horário comercial, em que pode não ser possível entrar em contato com você imediatamente.

Sintomas do covid19

Os sintomas da COVID-19 são como doenças comuns, como um resfriado ou gripe. Você pode ter um ou mais dos seguintes sintomas:

  • Febre (pelo menos 38˚C)
  • Tosse nova ou piorando
  • Dor de garganta
  • Falta de ar
  • Espirros e coriza
  • Perda temporária do olfato ou alteração do paladar.

Os sintomas menos comuns podem incluir diarreia, dor de cabeça, dores musculares, náuseas, vômitos ou confusão / irritabilidade.

Os sintomas tendem a surgir após 5 dias, mas podem levar até 14 dias para aparecer depois que uma pessoa foi infectada. O vírus pode ser transmitido a outras pessoas antes que elas saibam que o têm, até dois dias antes do desenvolvimento dos sintomas.

Onde obter ajuda?

Se você acha que tem COVID-19, ligue para Healthline no 0800 358 5453, que é uma linha com profissionais da área da saúde que funciona 24 horas por dia, sete dias por semana, ou fale com seu médico.

COVID-19: Sobre a variante Delta

O vírus SARS-CoV-2, que causa o COVID-19, sofreu mutação genética ao longo do tempo à medida que se adaptou aos humanos, levando ao desenvolvimento de novas variantes do vírus. Uma dessas novas variantes, a variante Delta, está rapidamente se tornando a variante dominante globalmente.

A variante Delta se espalhou rapidamente pelo mundo e agora é a variante principal em muitos países. É a variante mais transmissível, espalhando-se muito mais facilmente do que a versão original do vírus COVID-19 e outras variantes.

Como Delta é diferente das variantes anteriores

A ciência está nos dizendo que a variante Delta tem várias diferenças em comparação com as iterações anteriores do vírus. Essas diferenças significam que a variante Delta é uma ameaça maior à saúde dos indivíduos que contraem a infecção e um desafio maior para conter a propagação do vírus em um surto. Por exemplo:

É assim que os surtos de Delta em lugares no exterior têm crescido tão rapidamente.

Pessoas com infecções Delta parecem carregar muito mais vírus (eles têm uma carga viral mais alta) e por um período de tempo mais longo do que aqueles infectados com o vírus original ou outras variantes. O tempo desde a exposição ao vírus até o início dos sintomas é menor para a variante Delta. Algumas pessoas podem não apresentar sintomas (assintomáticos) quando são infecciosas.

 

 

Flávia Bonturi Previato

Mulher, mãe, jornalista e educadora.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo