Nova ZelândiaTurismo e Viagem

Como se locomover pela Nova Zelândia

por Tamires Oliveira

Você é do tipo de viajante que curte ter experiências incríveis, mas quer saber de todas as opções disponíveis do lugar onde irá visitar? Então toca aqui que você é um dos meus, independente se é barato ou caro, gosto de pesquisar todas as formas possíveis que posso usar numa viagem na hora de me locomover de um lado para o outro.

Por isso fiz esse post, para esclarecer todas as opções de como se locomover pela Nova Zelândia.

Claro sempre é bom analisar pontos como: tempo X preço, pois muitas vezes ganhar tempo sai mais caro, ou pagar menos demora mais para chegar ao destino final. Mas irei comentar mais sobre isso nesse post. Uma galera me pergunta através do Instagram @coutrips como é o transporte por aqui e quais os valores, então se liga e anota essas dicas.

Muito se fala por aqui sobre usar motorhome e campervans, e essas opções são experiências incríveis e únicas, mas acredite, existem outras opções para viajar pela Nova Zelândia. Vou mencionar 06 formas de como se locomover pela Nova Zelândia e ainda mencionar aplicativos que uso e muitas dicas também.

 

1. AVIÃO

A forma mais rápida para se locomover com certeza é através de voo, em cerca de 1:45h é possível sair da ilha sul (Queenstown) e chegar à ilha norte (Auckland).

É fascinante ver esse país do alto, com suas montanhas e lagos, enormes áreas verdes uma beleza perfeita da natureza.

Existem companhias aéreas locais como Air New Zealand e Jetstar, com preços atrativos comprando através de seus aplicativos para celular.

Porém, nem sempre o período desejado para realizar a viagem de férias tem o custo da passagem mais barato, com isso é necessário se planejar antecipadamente para usar esse tipo de transporte.

O ideal é flexibilizar datas e se planejar para garantir preços baixos.

Dica: Nós usamos a Jetstar e os preços são imbatíveis, check-in online, rápido e fácil de usar.

 

2. CARRO

A locação de carro é comum em muitos países, e aqui não é diferente. Para quem curti ter autonomia de horário, esse é um meio de transporte ótimo. Pois você pode sair quando quiser, sem depender de outros para parar ou continuar com sua viagem.

Já mencionei em outro post aqui a respeito da “relocação”, é uma forma conhecida e muito usada por aqui, onde as locadoras disponibilizam o veiculo para levar até outra cidade por um custo mínimo de 1$NZ + seguro por dia, aqui você tem um prazo curto de sair de um ponto e chegar até o outro, porém ganha pelo preço baixo a ser pago.

E claro, existe o sistema tradicional, para alugar o veículo por dia através de uma locadora, eu indico usar o aplicativo Kayak que sempre possuem preços acessíveis e muitas opções de locadoras.

 

3. MOTORHOME/CAMPERVAN

Esses são os meios de transportes mais famosos da Nova Zelândia, muito conhecido pelo mundo todo, pela infraestrutura que o país oferece para esse perfil de viajante.

Impossível não se apaixonar pelos cenários lindos por onde você passa, a natureza realmente da um show de tanta beleza, por isso estar usando um motorhome ou campervan te da liberdade para ir a onde quiser e ficar o tempo que desejar.

Como eles chamam “road trip”, são viagens independentes onde você determina locais, o trajeto até o destino e cada cidade que será visitada, até porque os lugares possuem estrutura suficiente para receber esses turistas. Um jeito livre de desbravar sua trip pela Nova Zelândia.

Quem não sonha em acordar de frente para o mar, olhar pela janela e ter uma vista paradisíaca, ao som de pássaros, manter contato com a natureza e por aí vaiiiiiii. Então é possível alugar um desses dois meios através de uma locadora local, e sair para se divertir por aqui.

Basta ter a CNH do Brasil que é aceito na Nova Zelândia, ou se preferir pode fazer a PID (permissão internacional para dirigir).

Dica: existe o aplicativo CamperMate onde é possível ver todos os locais e cidades para estacionar seu veículo, valores e detalhes, bem fácil de usar. Os preços variam conforme o período e flexibilidade de datas, mas também surgem muitas promoções que valem apena.

4. ÔNIBUS

Ônibus é um meio de transporte universal, e aqui também temos. Você consegue rodar pelo país inteiro usando ônibus intercidades, é uma boa opção para quem não quer dirigir e quer curtir a sua trip.

Possui rotas pelo país todo, entre as ilhas norte e sul, e você pode curtir pequenas cidades e os principais centros, como a capital e o polo econômico. Os ônibus são confortáveis, com acesso a internet e seguros, possuem motoristas qualificados e atenciosos. Com relação ao preço das passagens, nem sempre é barato, irá depender do percurso que irá fazer e datas.

 

Existe o aplicativo Intercity com todas as rotas, horários e valores, é só escolher e efetivar a compra para seguir sua viagem.

 

5. TREM

E não é que tem trem por aqui, com um dos cenários de viagens considerado mais exuberantes do mundo, a paisagem é um convite para relaxar e apreciar cada momento da vida.

A rede ferroviária não é muito ampla, mas com um investimento bacana feito pela Kiwi Rail, possui trajeto na ilha norte e na ilha sul que tiram o folego com suas paisagens cênicas.

Na ilha norte, tem a Northern Explore entre Auckland e Wellington, a Coastal Pacific entre Christchurch e Picton e a TranzAlpine entre Christchurch e Greymonth na região de West Coast.

Valores das rotas iniciam a partir de 100$NZ por pessoa, conforme o percurso que escolher e datas que deseja reservar.

Dica: essa é uma experiência que se você tem tempo e pode investir nesse passeio, faça. Isso irá te surpreender.

6. CARONA

Para os viajantes aventureiros, esta é a forma mais barata de viajar pela Nova Zelândia e ter experiências únicas. Esse país é muito bom para se pegar carona.

É uma prática muito comum por aqui, é considerada legal, relativamente o país é seguro, as pessoas são amigáveis e costumam fazer isso. Muitos aceitam dar carona para ter companhia na viagem, trocar experiências ou mesmo ter bons papos e rir um pouco.

Aqui pela região de Queenstown vemos muitas pessoas pelas estradas com placas com o destino escrito e pedindo carona, e digo mais, não demora muito e logo algum carro para e convida a pessoa para ir junto. Nós mesmo já tivemos essa experiência a caminho da estação de esqui, foi bem tranquilo e de boas. Fala sério, essa dica vale ouro, anota aí.

Já deu para perceber que existem muitas formas para se locomover pela Nova Zelândia, de todos os tipos, rápido ou lento, em grupo ou independente e para todos os bolsos.

Espero que esse post ajude muitas pessoas a montar suas viagens, acessem os links no post, tem informações corretas de valores e reservas direto nos sites oficiais.

É isso aí galera, curtam esse post, compartilhem com outras pessoas e deixem seus comentários. Tem dúvidas, então envia para mim que irei retornar a vocês. Valeu!!! vejam nosso blog COUTRIPS, sigam nosso perfil no Instagram @COUTRIPS, e logo terá mais um post cheio de dicas de viagem.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo