Imigração

8 Principais desafios enfrentados por imigrantes e dicas

por Lia Santos

Histórias em Destaque
  • Barreiras da língua
  • Emprego
  • Moradia
  • Acesso a serviços
  • Transporte
  • Diferenças culturais
  • Isolamento
  • Adaptação das crianças

A mudança para um novo país apresenta muitos desafios, independentemente da sua formação. Existem algumas experiências comuns para os migrantes em todo o mundo. Embora os imigrantes na Nova Zelândia possam enfrentar alguns desses desafios, o país possui vários recursos que podem ajudar a tornar a transição mais suave. Neste artigo veremos esses desafios e algumas dicas para quem decide se mudar para a Nova Zelândia.

Barreiras da língua

Não é surpresa que o idioma esteja no topo da lista de questões enfrentadas pelos imigrantes em qualquer país. Ser capaz de se comunicar (ou não) afeta todas as áreas da vida em que temos que interagir com os outros. Do emprego à escola, para simplesmente localizar um endereço ou comprar comida, é essencial aprender uma língua nativa. A Nova Zelândia por ter sido colonizada pela Inglaterra, o inglês é diferente ao nosso inglês americano aprendido no Brasil. Alguns nomes de objetos são diferentes, o sotaque é totalmente diferente do sotaque do inglês americano.

Não fique assustado. Um amigo neozelandês contou que precisou viajar aos E.U.A a trabalho. Ao conversar com a equipe de trabalho ninguém estava entendendo o que ele dizia. Acredite, quando seus ouvidos não estão familiarizados com o sotaque é como se a pessoa falasse “chinês” ou o idioma mais estranho da terra.

Dica:
Procure por vídeos no YouTube feitos por neozelandeses, existe canais com notícias locais. Um exemplo é o The New Zealand Herald, o maior jornal local da Nova Zelândia. Preste mais atenção ao ouvir entrevistados ou povo local.

Emprego

Imagem por Pixabay

Para muitas profissões será necessário a validação do diploma ou seja a Nova Zelândia precisa se certificar que você estudou exatamente o que é requerido aos alunos locais. A comprovação de experiência também será exigida pois o país tem muitos formandos e o que precisa é de profissionais com tempo de experiência na carreira.

Dica: Você não precisa chegar na Nova Zelândia para começar a fazer as traduções e validação de certificado e diploma, pode iniciar este processo ainda estando no Brasil. Conheça a história da Aline Andrade que passou por esta experiência e nos conta tudo em Exercendo sua profissão como Dentista na Nova Zelândia.

Moradia

Uma grande prioridade para quem se muda para um novo país é garantir moradia. As barreiras linguísticas podem ser uma grande parte do problema para os imigrantes, mas a falta de conhecimento local ou o funcionamento do mercado imobiliário em seu novo país também podem apresentar problemas.

Dica: A pesquisa prévia é a solução desse problema e a Internet permite esta facilidade. No site Trade Me Property você pesquisa preços, localização. Em grupos de brasileiros no Facebook você pode solicitar indicação e informações, algumas vezes poderá encontrar um quarto (se estiver sozinho ou com parceiro) para alugar entre os brasileiros. Fazer a locação de imóvel estando ainda no Brasil é impossível devido as comprovações solicitadas.

Acesso a serviços

A variedade e a qualidade dos serviços disponíveis na Nova Zelândia provavelmente serão diferentes dos do Brasil. Conhecer os serviços que estão disponíveis a você é um passo bem importante. Algumas agência de intercâmbio auxiliam seus clientes em todo processo de ambientação ou parte dele. Por exemplo: Como abrir conta no banco, como criar o IRD, traduzir sua carteira de motorista etc…

Dica: Se o idioma ainda é um problema nos primeiros dias, é provável que os intérpretes estejam disponíveis por meio de ligação aos serviços públicos e governamentais. Caso precise, não exite em perguntar se alguém poderia atendê-lo no idioma português.

Transporte

Sua carteira de motorista brasileira juntamente com a tradução juramentada terá validade em todo território neozelandês durante o período de 1 ano. Após este período ou antes mesmo você poderá fazer o teste teórico e prático para obter a habilitação da Nova Zelândia. Leia também Dicas para dirigir com segurança na Nova Zelândia.

O serviço de transporte público de Auckland é excelente. Você pode comprar seu cartão em lojas de conveniência pagando $10, o que será seu primeiro valor em crédito.

Para utilizar seu cartão entre no ônibus e encoste o cartão na máquina, neste momento você pode ver seu crédito também. Ao sair do ônibus você deve passar o cartão novamente na mesma máquina para encerrar a sua viagem, a cobrança é somente pelo percurso. Caso esqueça de passar o cartão na saída, será cobrado o percurso completo que o ônibus faz até a parada final. Leia também Tarifas gratuitas para crianças de 5 a 15 anos.

Diferenças culturais

Imagem | Pixabay

Esse é com certeza um grande desafio. Quando você sai de seu país natal pela primeira vez precisa estar aberto a mudanças, tente se livrar de preconceitos ou julgamentos. Quando cheguei na Nova Zelândia percebi que as pessoas não se importavam com que roupa eu usava, a atitude das pessoas é “cada um na sua”, se você se incomoda é problema somente seu. É comum ver criança ou até mesmo adulto kiwi andar descalço pela rua, loja, supermercado e tudo bem.

Dica: Imigrar é tirar todo aprendizado bom de outra cultura. Afinal toda comunidade tem algo a nos ensinar.
Dê a oportunidade para pessoas de outras nacionalidades te conhecerem, não precisa mudar quem você é, mas precisa aceitar e entender como são as outras pessoas. Acredito que imigrante está tudo no mesmo barco, só muda o endereço.

Isolamento

A falta do apoio de amigos, familiares e círculos sociais ampliados é um grande fator para a maioria dos migrantes. Você perde toda sua rede de contatos de uma vida.

Infelizmente o mundo tem passado por isso devido ao Covid-19. Assim os neozelandeses agora sabem na pele o que passamos ao deixar nossa vida para traz e recomeçar sozinhos aqui.

Eu tive me bebê aqui na Nova Zelândia. Senti muito em não ter minhas irmãs por perto, minha sogra. Mas tive um grande apoio e suporte das irmãs da igreja. Senti o carinho e presença de minha família mesmo a distância.

Dica: Esta será uma nova experiência em tornar os relacionamentos fortes mesmo a distância. Estar aberto a se relacionar com pessoas de outras nacionalidades e participar de atividades culturais brasileiras ou religiosas pode te ajudar como o sentimento de pertencimento.

Adaptação das crianças

Imagem por Pixabay

Os pais enfrentam dois desafios diferentes ao levar seus filhos para um novo país.

É provável que as crianças sejam rapidamente imersas em uma nova cultura através de suas escolas e podem começar a parecer “estrangeiras” para seus próprios pais. É importante que você encontre um equilíbrio entre ensinar seus filhos a respeitar seus próprios padrões e valores culturais e permitir que eles se integrem. Por fim, um dos motivos para migrar é dar uma vida melhor a seus filhos e, para conseguir isso, você precisará aceitar um nível de integração para eles.

Outro desafio para os pais geralmente é lidar com as escolas, quando uma barreira do idioma atrapalha, é bom se comunicar com outros pais através de grupos nas redes sociais, muitos passaram por experiência parecida e podem compartilhar com você. Leia também Ajudar os filhos a manter o português como Língua Herança e Filhos | Dificuldades e desafios em manter o idioma dos pais.

Tem alguma dúvida sobre o que foi abordado no texto? Gostaria de compartilhar sua experiência? Deixe um comentário.

Lia Santos

Residente na Nova Zelândia desde 2016. Lia Santos é esposa, mãe, coach e empreendedora. Está sempre em busca de novos aprendizados com o objetivo de compartilhar conhecimento.

Sua paixão: família, chocolate e livros.
Contato: Site

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo