Nova Zelândia

5 passos para conseguir o emprego dos sonhos

No artigo de hoje, vim trazer para vocês algumas dicas preciosas para quem está procurando um melhor emprego, ou o emprego dos sonhos por assim dizer. Vale ressaltar, que este texto parte do pressuposto de que você já sabe o que quer fazer profissionalmente e já tem uma boa ideia do caminho que quer traçar. Se este não for o caso para você, o trabalho que você deve fazer é um trabalho profundo de investigação interna, o que é um processo extremamente criativo e não linear – porém delicioso!

Falaremos mais sobre ferramentas de autoconhecimento que podem te ajudar com isso nos próximos textos, mas o papo de hoje é direto e reto.

Veja abaixo os 5 passos essenciais para que você consiga o tal emprego dos sonhos.


1- Encontre 3 anúncios para o seu emprego dos sonhos.

Como vimos no filme Alice no País das Maravilhas – Pra quem não sabe pra onde vai, qualquer caminho serve. O primeiro passo pra você que quer se desenvolver na sua carreira é saber claramente qual a descrição da vaga ideal pra você, e a partir daqui, você pode se preparar e direcionar seus esforços em conseguir esta vaga ou pode traçar um plano de desenvolvimento de competências, caso ainda não possua grande parte das competências exigidas.

Working outdoor
Mulher ao telefone em frente ao computador

Entre em sites de emprego da NZ e Austrália e passe bastante tempo procurando o seu emprego dos sonhos!

Não pare enquanto não encontrar pelo menos 3 opções de empregos que realmente te encham de entusiasmo. Estas vagas não precisam ser em uma cidade onde você pretende morar. Elas servirão apenas como uma bússola, para que você tenha clareza de qual é o norte e consiga direcionar todos os seus esforços nesta direção. Imprima a descrição destas vagas, e sempre que surgir uma nova oportunidade de trabalho ou um novo curso pra você fazer, se pergunte: isto me levará, de alguma forma, a me aproximar deste emprego dos sonhos?

Se a resposta for não, mude imediatamente o seu foco e não desperdice os seus 3 maiores recursos: tempo, energia e dinheiro. Sugiro que foque sua pesquisas em sites da NZ e Austrália, que possuem um mercado de trabalho e terminologias parecidos.

Sugestão de alguns sites para você usar como fonte de pesquisa:

www.seek.co.nz
www.trademe.co.nz
www.careers.govt.nz
www.linkedin.com

2 – Autoconhecimento

Mulher fazendo uma entrevista de emprego

Para que você tenha a oportunidade de conseguir um bom emprego, você precisa saber falar muito bem sobre você mesmo e ter muita clareza dos seguintes pontos:

• Sua trajetória profissional.

Você precisa conseguir comunicar a sua história de carreira de forma assertiva e curta – no máximo 3 minutos. Saiba contar a história sobre o que te trouxe até onde você está hoje de forma a colocar este emprego que você deseja dentro de um contexto que faça sentido. Mesmo que o seu objetivo seja fazer uma transição de carreira para uma outra área, sempre há uma linha tênue que liga o seu passado ao seu futuro, mesmo que não pareça imediatamente óbvio.

• Seus pontos fortes técnicos e comportamentais, ou o que também chamamos de hard skills e soft skills.

Liste pelo menos 3 de cada, que você considera essenciais para esta nova função. Não generalise! Quanto mais específico, melhor. Se o objetivo for em fazer uma transição de carreira, o foco deverá ser nos seus pontos fortes comportamentais e habilidades transferíveis.

• Pontos fracos técnicos e comportamentais.

Mais uma vez, liste pelo menos 3 de cada. Tendo clareza de onde estão suas fraquezas, você consegue transformá-las em objetivo de desenvolvimento, caso julgue estas habilidades essenciais para a função que deseja.

Dica: a descrição de vagas de emprego te dará muitas dicas de habilidades que as empresas estão procurando, e estudar estas descrições pode te ajudar bastante a identificar quais são os seus pontos fortes e fracos.

3 – O embrulho do pacote

Agora que você já se situou, já tem clareza do seu potencial, de onde você vem e pra onde você vai, é hora de embrulhar o presente e deixá-lo bem atrativo, afinal é do emprego dos sonhos que estamos falando. Agora você irá usar todas as palavras-chave que você encontrou nas atividades acima (com exceção dos pontos fracos), e irá rechear o seu CV, Cover Letter e Linked In com estas palavras-chave.

Architect freelancer working with blueprints in workspace office, holding hands behind head.
Homem no escritório em frente ao computador

Aqui você deverá ser estratégico, e listar somente experiências e competências relevantes para a vaga que você está buscando. Você deve fazer pequenos ajustes no seu CV e cover letter para cada vaga. Lembre-se de que muitas empresas hoje em dia usam softwares de RH que fazem uma triagem automática de candidatos, comparando as palavras chave da descrição da vaga com as palavras encontradas no seu CV, por isso é essencial que você mencione as mesmas palavras-chave encontradas da descrição da vaga – não invente moda!

O computador não entende sinônimos. Mas vale lembrar isso não significa que você deverá copiar e colar a descrição da vaga inteira – isso te desqualificaria imediatamente, assim que o seu CV chegar nas mãos de um ser humano. E claro, jamais podemos mentir. A sua reputação está em jogo.

• CV 

Ele deverá ser simples, estratégico e organizado. Sugiro que você use este CV Builder (https://www.careers.govt.nz/tools/cv-builder/#getting-started) como modelo, já que ele te pede tudo o que você precisa adicionar passo a passo, e te entrega o documento final de forma simples, elegante e profissional. Ao terminar de preencher, você poderá baixar o documento em PDF ou Word, caso queira editar o formato. Este é o formato do meu CV atual.

• Cover Letter

Aqui é a sua chance de se vender e mostrar para a empresa de que forma você acredita que pode contribuir, e como se enxerga usando as habilidades e experiências listadas no seu CV para esta vaga específica. Aqui está um artigo com mais informações sobre o que escrever em uma Cover Letter (https://www.careers.govt.nz/job-hunting/cvs-and-cover-letters/how-to-write-a-cover-letter/)

• Linked In

Hoje em dia, a grande maioria dos profissionais e recrutadores estão no Linked In e esta é a maior plataforma de networking para profissionais. Todos mundo que está no mercado de trabalho, deve estar no Linked In! Quando o assunto é Linked In, recomendo assistir este vídeo da Mari Torres e seguir à risca todas as dicas que ela passa (https://www.youtube.com/watch?v=w9ucKACYEVE)

O computador não entende sinônimos. Mas vale lembrar isso não significa que você deverá copiar e colar a descrição da vaga inteira – isso te desqualificaria imediatamente, assim que o seu CV chegar nas mãos de um ser humano. E claro, jamais podemos mentir. A sua reputação está em jogo.

 

4- Marketing Pessoal

O marketing pessoal vai muito além da sua aparência e de você saber se vender na hora da entrevista. Claro que estes são pontos absolutamente essenciais e são uma parte muito importante do seu marketing, porém, o verdadeiro marketing pessoal é feito nas suas atitudes do dia a dia. Para saber como anda o seu marketing pessoal, se pergunte: o que as pessoas estão falando de mim? Isto inclui também os seus amigos, parentes e conhecidos, e não somente os seus colegas de trabalho! Você nunca sabe de onde uma nova oportunidade pode surgir. Olhe para as pessoas que te cercam e se pergunte se você as indicaria para uma vaga de emprego. Tenho certeza absoluta que existem várias pessoas do seu convívio direto, que você jamais indicaria para uma vaga de emprego na empresa onde você trabalha, enquanto que outras você não só indicaria de olhos fechados, como ainda faria o marketing por elas! A diferença entre estas duas pessoas é o marketing pessoal que elas fazem – o tempo todo.

5- Se coloque em ação

Agora que você já tem este mapa completo em mãos, se coloque em movimento, está na hora de obter esse emprego dos sonhos! Todos os dias, faça algo à serviço da sua carreira. Procurar um emprego é um trabalho por si só e requer dedicação . Busque vagas, faça cursos, tenha mentores, converse com pessoas que já trabalham com o que você quer trabalhar, se lembre de todo o seu potencial, cuide da sua atitude, se desenvolva. E não se esqueça de sempre olhar para a descrição da vaga do seu emprego dos sonhos, não só para se lembrar que ela existe, mas para te ajudar nas suas tomadas de decisão ao longo do caminho.

Vou te contar uma breve história de algo que aconteceu comigo a pouquíssimo tempo atrás, que ilustra bem a importância de vários destes pontos citados acima. Para contextualizar, eu trabalho em uma emprega local como Accounts Receivable Coordinator, e como Astróloga e Coach de Carreira à noite e aos Sábados.

Em 12 de Janeiro de 2021, um ex-colega de trabalho me enviou uma mensagem de feliz aniversário pelo LINKED IN. Nós trabalhamos juntos por menos de 2 anos e ele é 17 anos mais novo que eu, e segue uma religião que não permite o uso de redes sociais, ou seja, nossa única ligação era pelo Linked In. Junto com a mensagem de parabéns, ele também escreveu “desde quando comecei a trabalhar na empresa onde estou, que eu pensei que você seria a pessoa ideal para trabalhar aqui e já tinha comentado isso com meu chefe. A empresa cresceu muito na pandemia e estamos contratando para praticamente todas as áreas e queremos você. Você pode escolher em qual área prefere trabalhar (dentro de umas 5 opções).”

Conversando com ele e com os donos da empresa, cheguei a conclusão que, dentro das opções, a única que eu faria era uma no financeiro. Eles me fizeram uma oferta de trabalho para ganhar bem mais do que eu ganhava, para ser responsável por todo o departamento financeiro incluindo todo o treinamento necessário.

O que fez que eu conseguisse esta oferta?

Meu MARKETING PESSOAL. Minhas atitudes de todos os dias. A oportunidade veio através de um menino de 21 anos que não se socializa com pessoas de outra religião. Como disse antes, você NUNCA saberá de onde a oportunidade virá! Resumo da ópera, meus empregadores atuais me ofereceram o mesmo valor para eu ficar, além de uma nova função como Internal Projects Lead, que inclui também o desenvolvimento dos funcionários e das equipes.

Meu propósito de vida é inspirar pessoas a serem protagonistas das próprias carreiras, meu objetivo de médio prazo é trabalhar pra mim mesma em tempo integral ajudando as pessoas com suas carreiras, e já que preciso de um emprego full-time por enquanto, eu tenho a descrição da vaga do que seria O EMPREGO IDEAL impressa e salva no meu computador! A minha paixão é por desenvolver pessoas no trabalho. Faria finanças? Faria, por pouco tempo. Seria medíocre. Porém, essa oportunidade me abriu as portas para trabalhar com o que eu amo – pessoas e projetos – e atuar a partir do meu propósito dentro do meu emprego atual. Quando eu me perguntei – qual destas duas opções me aproxima da descrição da vaga que eu imprimi? – não tive dúvidas. A nova empresa propôs aumentar o salário ainda mais para eu ir trabalhar no financeiro e eu disse não, sem nem pensar duas vezes.

Situações como esta acontecem o tempo todo, por todos os lados, mesmo no meio da pandemia e mesmo com outros imigrantes. Elas nos mostram de uma forma bem clara, a importância do trabalho de desenvolvimento pessoal e de carreira. Você tem nas mãos TODAS as ferramentas que precisa para dar o próximo passo. Só depende de você.

Mariana Melo

Contato
Instagram @mariana.melo.nz
Facebook @mariana.c.melo.3
Web site www.mariana-melo.com
Whatsapp profissional: +64 21440294

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo